Rainha,o concurso.

13 fev 2015 0 1

Não te chamam de Miss, nem de Garota Verão, Primavera, Outono ou Inverno…se venceres, te chamam de “Rainha”, e mais: “Rainha das Rainhas”, forte não?!?
Pois esse é o concurso sonhado e almejado por inúmeras adolescentes e jovens paraenses, sonho como àquele que tinham as garotas dos anos 80 e 90, que “queriam ser paquita da xuxa”, quem não lembra??? (ok, a geração 2000,mas pulemos essa parte!)
O fato é que o concurso Rainha das Rainhas não exige que seja loira, de altura X, tampouco peso Y…tem que ser “apenas” aprovada no quesito beleza, fantasia e desembaraço. Acha que é fácil virar majestade?!?
Que tal entrar na máquina do tempo e relembrar, um pouquinho, onde tudo começou?
Idealizado pelo jornalista Ossian Brito, em 1946, teve como intuito pacificar uma briga política entre a família Maranhão, proprietária do Jornal Folha do Norte e o então governador, Zacarias de Assumpção. A ideia era reunir grandes autoridades para que diferenças politicas fossem, ao menos naquele momento, superadas ou amenizadas.
Em 1966, o jornalista Romulo Maiorana, já presidente do grupo O Liberal, comprou o Jornal Folha do Norte e, com ele, a ideia do concurso. Daí, em 1976, a Tv Liberal e o público passou a acompanhar o concurso, também, pela TV. Tal feito, tornou-se tradição nos lares de inúmeras famílias paraenses.
Vale lembrar, pra quem é de fora e chegou aqui nessa matéria (a internet tem dessas coisas,ainda bem!) , que o concurso “Rainha das Rainhas” é um evento anual, onde participam as representantes dos clubes locais.
O Hair Stylist & Make Up Artist, Junior Fiel, adora o concurso e há alguns anos é convidado, por clube (s) específico (s), para participar e colocar seu talento em prática, no ritmo das cores e do carnaval. Com suas makes artísticas, que respeitosamente seguem o tema da fantasia, ele já conseguiu arrancar inúmeros elogios pelo cuidado e acabamento que tem com cada candidata que defende. Bora conferir?

A preparação da candidata Ingrid Paola que consagrou-se "Rainha das Rainhas",em 2014.

A preparação da candidata Ingrid Paola que consagrou-se “Rainha das Rainhas”,em 2014.

Bastidores momentos antes do desfile.

Bastidores momentos antes do desfile.

Ingrid Paola, candidata do Grêmio Literário Português, na passarela.

Ingrid Paola, candidata do Grêmio Literário Português, na passarela.

Ingrid Paola e a emoção ao ganhar o concurso, em 2014.

Ingrid Paola e a emoção ao ganhar o concurso, em 2014.

Aline Alves, candidata da Assembléia Paraense,com produção de Junior Fiel

Aline Alves, candidata da Assembléia Paraense,com produção de Junior Fiel

Com make impecável, Aline Alves, estava digna de ser majestade.

11039906_10206264628200851_506816920_n

Na passarela, Aline Alves.

2015, Junior Fiel dedicou-se novamente ao Grêmio Literário Português, dessa vez com Ana Paula Padilha.

2015, Junior Fiel dedicou-se novamente ao Grêmio Literário Português, dessa vez com Ana Paula Padilha.

11020953_10206264662521709_733885916_n

11040715_10206264662321704_395751785_n

 

1622810_10203841033326498_3070433207145033820_n11023225_10206264662921719_1298692991_n

Por Bel Soares / Fotos: Neto Soares

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *