Criolipólise: entenda mais sobre o assunto!

28 set 2016 0 0

A criolipólise é, atualmente, um dos procedimentos estéticos mais procurados por quem deseja perder gordura localizada (em especial aquelas que nem o  treino mais top da academia consegue  eliminar!), tudo por conta do alto índice de satisfação entre as pessoas que se submetem ao procedimento.

Entenda do que se trata:

“Crio” significa frio e lipólise é o termo científico para “destruição de gordura”, logo, entende-se que o tratamento, desenvolvido por pesquisadores de Harvard, nos EUA, utiliza-se de baixa temperatura como forma de congelar (cristalizar) as células de gordura ou adipócitos.

Portanto, a “crio”, como é conhecida, provoca a apoptose celular, através do método de congelamento, fazendo com que os adipócitos se transformem em pequenos cristais congelados que vão sendo eliminados porque o corpo, a partir daí, entende que eles não fazem mais parte do organismo. Este é o grande diferencial, uma vez que os outros tratamentos só fazem o murchamento dos adipócitos e não a eliminação.

 

Como funciona o procedimento:

1º – Colocamos o aparelho na superfície da pele.

14527503_10210818580286807_791356400_n

2º – as células de gordura congelam devido as temperaturas negativas

3º – os adipócitos são destruídos , pois, quando entram em contato com a baixa temperatura são congelados, cristalizados

14469203_10210818581286832_717535644_n

4º – O corpo entende que as células de gordura não fazem mais parte do organismo

14522488_10210821493559637_1630307889_o

5º – O sistema imunológico (macrófagos) absorvem as células naturalmente

6º – Perda significativa da gordura localizada ( de 20 a 30% numa única sessão)

14527663_10210818582486862_1424162578_n-1

14518608_10210821534000648_12326220_n

 

Dra. Taina Kamel / Dra. Sammea Serejo (Fisioterapeutas Dermato-Funcional) / Renata Moraes (Esteticista & Cosmetóloga)

Clínica Esthetique

Pós operatório & Estética

Atendimento com hora marcada

Av. Conselheiro Furtado, 1166.

Tel: (91) 98050 1200

Ainda não há comentários.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *